Blog

Espondilolistese | Sintomas, causas e tratamento

Olá leitores e leitoras, tudo bem? Aqui é a Vitória da Vita Quiro e no post de hoje vamos falar sobre a Espondilolistese.

A Espondilolistese é um problema que afeta diretamente as vértebras inferiores. Ele ocorre quando um osso (vértebra) desliza para frente sobre o osso localizado logo abaixo dele. Essa é uma condição que pode causar bastante dor, mas na maioria dos casos é tratável.

A seguir, vamos falar sobre os principais sintomas, causas e tratamento para a Espondilolistese.

Sintomas da Espondilolistese

Os sintomas podem variar de acordo com cada caso. Quando o problema ainda está em fase inicial, ele geralmente passa despercebido, não apresentando nenhum sintoma. Isso pode fazer com que muitas pessoas procurem por tratamento tardiamente.

Em casos mais graves, ele pode afetar diretamente as atividades diárias do paciente. Entre os principais sintomas estão:

  • Dor lombar persistente
  • Rigidez nas costas e pernas
  • Encurtamento dos músculos posteriores das pernas
  • Sensibilidade nas costas
  • Dor nas coxas
  • Dor nas pernas ao caminhar
  • Formigamento
  • Perda de força e coordenação dos movimentos

Causas da Espondilolistese

As causas da Espondilolistese podem ser baseadas em diversos fatores, incluindo a idade, estilo de vida e até mesmo fator hereditário.

Algumas crianças podem acabar desenvolvendo o problema como resultado de lesões ou defeitos congênitos. Mas ele pode aparecer em qualquer idade, caso haja alguém com essa condição na família.

Outro fator que pode contribuir para a sua causa está o crescimento acelerado que algumas pessoas têm durante a adolescência.

Pessoas que praticam esportes que colocam muito peso sobre a coluna também estão entre o grupo de risco.

A Espondilólise, fratura causada por estresse em uma região das vértebras, também pode ser uma percussora da Espondilolistese.

Diagnóstico e tratamento

Antes de iniciar o tratamento da Espondilolistese, é importante fazer o diagnóstico através de exames de imagem. O médico pode solicitar exames de raio x e ressonância magnética para determinar a condição.

Em casos mais graves, é necessária a realização de procedimento cirúrgico para que os nervos e raízes nervosas não sejam comprometidos. Mas quando não há esse risco, pode ser feito o tratamento quiroprático.

A quiropraxia tem a vantagem de ter uma abordagem mais natural, sempre focada na melhora da qualidade de vida do paciente. O tratamento é feito com ajustes quiropráticos e procedimentos complementares indicados pelo próprio Quiropraxista.

Se você está em busca de tratamento para Espondilolistese em São Paulo, entre em contato com a Vita Quiro! Somos uma clínica de quiropraxia localizada em São Paulo, no bairro de Moema! Com profissionais altamente qualificados e experientes!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =